Segunda-Feira
22 de outubro de 2018
(51) 3634.1321
Assine o jornal  |  Fale conosco

São Sebastião do Caí

Fonte da Imagem: Prefeitura Municipal de São Sebastião do Caí no Google Maps
Fonte da Imagem: Prefeitura Municipal de São Sebastião do Caí no Google Maps

Prefeito: Darci José Lauermann

 

Vice-prefeito: Luiz Alberto da Costa Oliveira

 

 

A história do Município

 

São Sebastião do Caí é um dos municípios mais antigos do Estado, foi 14º a ser legalmente criado e, em Maio de 2002 completou 127 anos.

 

O Povoado do Vale do Caí começou por Capela de Santana

Entre 1738 e 1745, Capela de Santana era o único local povoado entre o rio dos Sinos e Caí, e seu primeiro nome foi “Ilha do Rio dos Sinos”. Mais tarde, passou para Sant’ Ana do Rio dos Sinos, com adoção de Santa Ana como padroeira. A população era composta por portugueses, morenos e índios civilizados (Tapes e Guaycanas).

O segundo local de povoamento da nossa região deu-se em 1848, com a instalação das primeiras levas de imigrantes germânicos, em São José do Hortêncio, que por estar longe do rio, não ficou sendo a sede do nosso município.

 

O início da Colonização de São Sebastião do Caí

A natureza exuberante era cortada por um rio de águas claras e cristalinas, que os índios chamavam de CAAY (Y= rio CCA= mata). Rio da Mata.

As primeiras famílias luso-brasileiras chegaram por volta do ano de 1800.

O Sesmeiro Bernardo Mateus adquiriu terras na margem esquerda do rio, e o lugar ficou sendo chamado “Porto dos Mateus”.

Em 1806, chega o Sr. Manoel dos Santos Borges e sua esposa, Leonor Perpétua. Construíram uma chácara também no lado esquerdo do rio e chamaram o lugar de “praia”.

Pouco tempo depois, chego o Sr. José Elias Vieira e, sua esposa, Fortunata, com seus dois filhos: José Elias e Francisco Elias. Foram residir onde hoje fica o bairro Vila Rica.

Por volta de 1808, chegava a família do Sr. José Antônio Guimarães, capataz de uma rica viúva. Guimarães teve quatro filhos: Inácio de Alencastro Guimarães, Lourenço de Alencastro Guimarães, Pedro de Alencastro Guimarães (que mais tarde seria vereador e ilustre cidadão caiense) e Antônio Guimarães (que em 1850 adquiriu muitos hectares de terras).

Pela importância dessa família, o povoado passou a chamar-se “Porto dos Guimarães”.

Em 1873, a sede do povoado foi transferida de São José do Hortêncio para o Porto dos Guimarães, pela sua importância no comércio realizado através do rio, entre Caxias do Sul, Porto Alegre e arredores.

 

Um padroeiro para o povoado

Em 1848, os moradores discutiam sobre o santo que seria o padroeiro do povoado.

Antônio Guimarães, que havia doado os terrenos para a construção da Igreja e da praça, queria que o padroeiro fosse “ Santo Antônio”. Já Quintino Guimarães, que também contava com algum prestígio, queria que fosse “São Bernardo”, em homenagem a Bernardo Guimarães, sesmeiro da localidade.

O assunto foi submetido ao julgamento do Bispo Dom Sebastião Dias Laranjeira, que visitou a localidade e propôs que o padroeiro da Igreja fosse São Sebastião. Todos concordaram, e Dom Sebastião doou uma imagem de São Sebastião toda esculpida em madeira.

Em 1864, é dada a benção da pedra fundamental e iniciam-se as obras da construção da Igreja, sendo o engenheiro responsável “José da Costa Gama”.

A Igreja ficou pronta em 15 de julho de 1879. A imagem do Santo padroeiro foi levada em procissão até a Igreja. Em 1880, aconteceu a primeira “festa de São Sebastião” e a primeira comunhão das crianças na Igreja Matriz. E em 1883 foi construída a torre da igreja.

Mais tarde em frente à Igreja  Matriz, criou-se uma praça, inicialmente chamada Praça 15 de Novembro, e onde é hoje a Biblioteca Municipal, era o clube “15 de Novembro”. Anos depois, a praça passa a se chamar Praça João Pessoa e, bem depois, passou a se chamar pela Lei 1276 de 05 de agosto de 1988, Praça Cônego Edvino Puhl, em homenagem ao padre que ficou 35 anos na paróquia.

Em 1896, foi construída a Igreja Evangélica, com influência germânica em sua arquitetura. Ela é considerada até hoje o terceiro templo luterano em beleza na América Latina.

 

São Sebastião do Caí torna-se Minicípio

A sugestão do Bispo Laranjeira, de pôr o seu nome na localidade, foi confirmada através da Lei Provincial nº 870 de 15 de abril de 1873. Era criada a 87º Freguesia da Província: São Sebastião do Caí.

Dois anos Depois ela foi considerada Vila, e com a Lei Orgânica nº 311 do Governo Federal, ela foi elevada à cidade em 1º de Maio de 1875.

Governava o Brasil, na época da criação do município, o imperador Dom Pedro II, e a Província de São Pedro do Rio Grande do Sul era dirigida por José Antônio de Azevedo Castro.

Depois de criado o município, foi eleita a primeira Câmara Municipal que tomou posse no dia 25 de Novembro de 1876, lavrando a primeira Ata Municipal. A Câmara Municipal realizava as suas sessões em uma casa alugada. No dia 04 de Março de 1886, foram entregues as chaves do prédio onde funcionava atualmente a Prefeitura Municipal. A Câmara Municipal mudou-se oficialmente para o novo prédio no dia 8 de Março de 1886.

Desde a data de sua criação até a proclamação da República, a administração municipal foi feita pela Câmara dos Vereadores.

Somente no dia 28 de Setembro de 1891, foi empossado o primeiro intendente do município.

 

São Sebastião do Caí foi perdendo territórios:

Em 29 de junho de 1890, o decreto 257 do Governo do Estado elevou a categoria de vila a povoação de Caxias, data em que o território caxiense foi desanexado de São Sebastião do Caí, passando a constituir um município autônomo, tendo Caxias do Sul como sede.

A partir de 1890, São Sebastião do Caí conservou durante 49 anos a mesma área territorial, pois somente em 30 de junho de 1940 suas delimitações foram novamente alteradas em virtude da reforma procedida pelo Conselho Regional de Geografia nos limites inter-municipais e interdistritais de todos os municípios do Rio Grande do Sul, a fim de que as demarcações obedecessem a um critério uniforme.

 

1º Distrito - Sede

2º Distrito - São José do Hortêncio - emancipado em 20/12/1988

3º Distrito - Nova Petrópolis - emancipado em 1958

4º Distrito - Capela de Santana - emancipado em 08/12/1987

5º Distrito - Feliz - emancipado em 17/02/1959

6º Distrito - Santa Rita - foi anexado a Canoas em 1939

7º Distrito - Santa Lúcia - foi anexado a Caxias do Sul

8º Distrito - Portão - emancipado em 09/10/1963

9º Distrito - Nova Palmira - dividido e anexado a Caxias do Sul e Feliz

 

Bom Princípio e São Vendelino, então pertencentes a Montenegro, foram desanexados e passaram a pertencer ao município de São Sebastião do Caí.

Bom Princípio está emancipado desde 12 de maio de 1982, e São Vendelino, que havia ficado anexo a Bom Princípio, está emancipado desde 29 de abril de 1988.

Em 1959 é criado Estância Velha, que leva uma parte do município.

Em 1959 é criado o município de Carlos Barbosa, que inclui parte do município.

 

Fonte:www.sscai.famurs.com.br

 

 

Telefones Úteis:

 

  • Prefeitura 3635-2500
  • Câmara de Vereadores 3635-1456
  • Posto de Saúde (Loteamentos) 3635-2518
  • Posto de Saúde (São Martim) 3536-2524
  • Posto de Saúde (Conceição) 3635-2560
  • Secretaria Municipal da Educação 3635-2500
  • Secretaria Municipal da Saúde 3635-2500
  • Ambulância/emergência 3635-1949
  • Hospital 3635-6500
  • Bombeiros 193  /  3635-1949
  • Plantão da água/Corsan 3635-3536  /  3536-1444
  • Secretaria da Assistência Social 3635-2569
  • Secretaria de Obras 3635-2534
  • Secretaria da Agricultura 3635-2565
  • Procon 3635-2530
  • Guarda Municipal 3635-2567
  • CAPS Ancoragem 3635-2568
  • Biblioteca Pública 3635-2517
  • Brigada Militar 190 / 3635-0210 / 3635-1220
  • Polícia Civil 3635-1020
  • Polícia Rodoviária 3634-1211
  • Conselho Tutelar 3635-2550 / 9816-0049
  • Emater 3635-1002
  • Sindicato dos Trabalhadores Rurais 3635-1665 / 3635-4319
  • Fórum 3635-1113 /  3635-3599
  • Cartório Eleitoral 3635-1250
  • Promotoria Pública 3635-0368 / 3635-1299
  • Cartório de Registro de Imóveis 3635-3555
  • Tabelionato 3635-1691
  • Casa da Cidadania 3635-2500
  • ACI/ CDL/ SPC 3635-1745
  • INSS 3635-1354 / 1107

0 Comentários

Carregar mais comentarios
Carregando
notícias da cidade Bombeiros fizeram resgate no arroio Cadeia
Colecionadores e carros da Volks no parque domingo
Iniciativa do Rotary premiou estudantes
O antigo Banco Pelotense ganha projeto de restauro
Escola desenvolve projeto que promove trânsito mais seguro
Ver todas as notícias
previsão do tempo
veja mais notícias
 Rádio Imperial comemora 29 anos neste domingo
19/10/2018  |  Feliz  |  Geral
Rádio Imperial comemora 29 anos neste domingo
RGE e RGE Sul alertam para atuação de golpistas que agem em nome das companhias
19/10/2018  |  Geral
RGE e RGE Sul alertam para atuação de golpistas que agem em nome das companhias
18/10/2018  |  Tupandi  |  Geral
Cenáculo de Maria prepara Terço Vivo
Feriado teve programação especial para as crianças
18/10/2018  |  Tupandi  |  Geral
Feriado teve programação especial para as crianças
Veja todas as notícias

Primeira Hora

Rua 25 de julho, nº 168

Centro - Bom Princípio / RS

CEP 95765-000

Bom Princípio: (51) 3634.1321

bomprincipio@primeirahora.rs

Quem somos

Assine o jornal

Fale conosco

www.facebook.com/JornalPrimeiraHora