Segunda-Feira
22 de janeiro de 2018
(51) 3634.1321
Assine o jornal  |  Fale conosco

11/05/2017 11h24  |  Feliz  |  Política

Servidores municipais reagem contra projeto de mudanças no regimento da categoria

Servidores municipais reagem contra projeto de mudanças no regimento da categoria
Servidores municipais reagem contra projeto de mudanças no regimento da categoria

Muitos servidores municipais foram até a Câmara dos Vereado­res na última segunda-feira. Isto porque a classe discorda de mui­tos itens que constam no Projeto de Lei que reformula o Estatuto dos Servidores Públicos do Mu­nicípio de Feliz e que foi enviado para a Câmara pelo prefeito Alba­no Kunrath.

 

De maneira geral a adminis­tração justifica a iniciativa como “necessidade de se fazer adequa­ções redacionais, alterações de alguns dispositivos, bem como a melhor ordenação dos artigos, a fim de conferir maior coesão à lei. Isso porque o atual Estatuto apre­sentava alguns temas de maneira esparsa, ou seja, dispersos pela lei. Assim, buscou-se concentrar os assuntos de modo a facilitar a compreensão e interpretação do regime jurídico”.

 

Os servidores participaram da sessão e pediram apoio dos vere­adores, alegando que a aprovação do projeto prejudicaria toda a clas­se. Como o projeto não estava na lista dos trabalhos do dia e não entraria em votação, alguns verea­dores conversaram com represen­tantes que participaram do mani­festo e se colocaram à disposição para esclarecimentos e para que os servidores explicassem todos os pontos que discordam.

 

Inclusive, será marcada uma reunião onde os manifestantes irão explicar detalhadamente os pontos com os quais eles não concordam. “Nossa reunião aqui foi para colo­car a situação momentânea e vocês veem a possibilidade da gente se reunir e venham com tudo bem de­finido para que possamos avaliar”, solicitou o vereador Jorge Zimmer.

 

A servidora Taíse Fernanda Becker Cerri também se mani­festou. “Nós, funcionários, não somos contra a administração. Queremos deixar isso bem claro. Só não somos a favor da maneira que isto aqui foi imposto. É a gen­te que trabalha com a comunidade, a gente que atende, a gente que intercede por muitas demandas. Se isso for aprovado vai prejudicar muita gente”, apontou ela.

 

Um dos organizadores da ma­nifestação, Everton Sebastiany de Araújo, também explica a situação. “A administração mandou para a Câmara um projeto de alteração do Estatuto dos Servidores e al­gumas mudanças são benéficas aos servidores e algumas são pre­judiciais no nosso modo de ver. O que a gente se opõem são essas mudanças que nos prejudicam ou retiram alguns direitos que nós conquistamos”, afirma, dizendo que estas mudanças deveriam ter sido debatidas com a categoria. “Isso vai na contramão do que até então administração tem feito. É uma administração transparente e eficiente do ponto de vista da população e servidores. A grande questão é que, do ponto de vista funcional, não foram discutidas conosco essas propostas de altera­ção. Os itens que nos agridem nós gostaríamos de discutir antes e ver se não existe uma forma melhor de conciliar isso”, complementa.

Leia a notícia completa na versão impressa do jornal Primeira Hora.

notícias urgentes
Parceria organiza ida ao Hemocentro
Parceria da ACI e Prefeitura anunciam oportunidades de capacitação
Ambulância nova é anunciada
Agricultura terá o reforço de trator
Raspa de asfalto ajuda a manter estradas
Ver todas as notícias
sobre o município
veja mais notícias
Festa São Sebastião
18/01/2018  |  São Sebastião do Caí  |  PH nos Eventos
Festa São Sebastião
Escolha das Soberanas de Feliz 2018
18/01/2018  |  Feliz  |  PH nos Eventos
Escolha das Soberanas de Feliz 2018
Golden Fênix conquista torneio de futsal no Uruguai
18/01/2018  |  Vale Real  |  Esportes
Golden Fênix conquista torneio de futsal no Uruguai
Ferido grave em colisão
18/01/2018  |  Bom Princípio  |  Geral
Ferido grave em colisão
Veja todas as notícias

Primeira Hora

Rua 25 de julho, nº 168

Centro - Bom Princípio / RS

CEP 95765-000

Bom Princípio: (51) 3634.1321

bomprincipio@primeirahora.rs

Quem somos

Assine o jornal

Fale conosco

www.facebook.com/JornalPrimeiraHora